Petry Lar Impermeabilização

DENVERTEC 540 FLEX

Revestimento impermeabilizante flexível bicomponente, à base de resinas termoplásticas, cimentos especiais, aditivos, cargas minerais, inertes, formando uma excelente membrana impermeabilizante.

 
  • Descrição do produto
  • Características
  • Preparação e aplicação
  • Precauções

Descrição

Revestimento impermeabilizante flexível bicomponente, à base de resinas termoplásticas, cimentos especiais, aditivos, cargas minerais, inertes, formando uma excelente membrana impermeabilizante.

 

ONDE APLICAR

Impermeabilizante de piscinas, tanques, reservatórios de água apoiados ou elevados, banheiros, cozinhas, lavanderias e rodapés em paredes de gesso acartonado.

VANTAGENS

* Excelente flexibilidade;

* Excelente aderência;

* Não altera a potabilidade da água.

PREPARO DA SUPERFÍCIE
A superfície deverá ser varrida ou lavada, ficando limpa, isenta de pó, partículas soltas,
óleos e graxas ou qualquer sujidade que venha a prejudicar à aderência do filme
impermeabilizante que será formado.
CONCRETO ARMADO: Remover o desmoldante impregnado na estrutura e executar o
tratamento de falhas como bicheiras, ninhos de concretagem e fissuras. Para o
preenchimento de reparos rasos e semiprofundos localizados, com espessuras de até 70
mm utilizar a argamassa de reparo DENVERTEC 700 e em reparos superiores
DENVERGROUT ou qualquer um de sua família. Lavar com jato d'água de alta pressão e
executar o lixamento leve em toda a superfície, para assegurar a limpeza, abertura dos
poros e maior rugosidade superficial, serviços fundamentais para a perfeita aderência doproduto. Corrigir as armaduras expostas e retirar pontas de vergalhões salientes.
Em estruturas de armazenamento de água como os reservatórios e piscinas, executar
teste de carga integral, no mínimo por 72 horas, para acomodação da estrutura e
identificação das falhas que devem ser corrigidas antes da impermeabilização. Qualquer
reservatório de água deve possuir mísula estrutural na transição piso/parede.
Existindo pressão negativa, esta deverá ser tratada adequadamente para que a estrutura
possa receber o sistema impermeabilizante. Recomendamos em paredes com jorro
d’água, utilizar argamassa de cura ultrarrápida DENVERBLITZ nestes pontos.
ALVENARIA SEM REBOCO: Corrigir previamente eventuais falhas como espaços vazios
entre blocos ou peças, blocos quebrados, tijolos esfarelando etc. Para o início da
impermeabilização as alvenarias (paredes) devem estar finalizadas para a execução
simultânea do piso e rodapé.
Não indicamos a aplicação do produto diretamente sobre alvenarias de bloco cerâmico e
bloco celular, por não promoverem uma aderência adequada.
ARGAMASSA: A argamassa de regularização de superfície, horizontal ou vertical, deve
estar bem aderida à base com DENVERFIX ACRÍLICO na proporção de 1:1 na água de
amassamento e com rugosidade adequada. Recomendamos executar argamassa com
traço volumétrico de cimento e areia de 1:3 na horizontal e na vertical, porém, na vertical
é fundamental a execução do chapisco antes do reboco. Alertamos que a argamassa de
regularização não deve conter cal e/ou hidrófugos, ter cura mínima de 7 dias, cantos e
arestas arredondados e na horizontal sempre possuir caimento mínimo de 0,5% para o(s)
ralo(s) nas áreas internas e de 1,0% em áreas externas.
O resultado de excelência da impermeabilização depende do correto preparo da superfície
de aplicação.
INSTALAÇÕES: As instalações hidráulicas, elétricas, ar-condicionado, SPDA etc. devem
possuir os passantes, tubos e eletrodutos, rigidamente fixados na estrutura com
DENVERGROUT ou qualquer um de sua família, para o adequado arremate da camada
impermeável que será formada. Os arremates não devem ser executados sobre conexões
e tubulações emendadas.
METODOLOGIA DE APLICAÇÃO
MISTURA DO PRODUTO: O produto é fornecido em embalagem com dois componentes:
componente A (resina) e componente B (pó). O componente B (pó) deve ser adicionado
aos poucos ao componente A (resina) em recipiente limpo e misturado no mínimo 3
minutos com o auxílio de um misturador de baixa rotação (450/500 rpm) com uma haste
adequada, até atingir a consistência de uma pasta lisa, homogênea e sem grumos.
Durante a aplicação, homogeneizar manualmente o produto, pelo menos a cada período
de 10 a 15 minutos, para que o produto não perca a consistência adequada.
Notas:
 Não utilizar o produto após 40 minutos de homogeneizado;
 Não adicionar água na mistura do produto.
APLICAÇÃO: Sobre a superfície saturada de água limpa sem a formação de poças no piso
e escorrimentos nas paredes, aplicar no mínimo 2,0 kg/m² de DENVERTEC 100 em
demãos cruzadas, com o auxílio de uma trincha, pincel ou vassoura de cerdas macias para
regularizar a superfície e melhorar aderência.
Aguardar o intervalo de secagem de aproximadamente 4 horas do DENVERTEC 100,
umedecer o substrato e iniciar a aplicação do DENVERTEC 540 FLEX, no consumo
recomendado conforme tabela, com o auxílio de uma trincha, pincel ou vassoura de cerdas
macias, sempre em demãos cruzadas.
Entre a primeira e segunda demão do DENVERTEC 540 FLEX, executar o reforço da
camada impermeável com DENVERTELA POLIÉSTER R ou produto equivalente. A tela
de poliéster precisa ser resinada devido a alcalinidade do cimento que promove a
deterioração da mesma dentro da camada impermeável. É imprescindível que a tela seja totalmente coberta, sem enrugamentos e nunca esticada, com sobreposição de no mínimo
5,0 cm nas emendas.
O intervalo de secagem entre demãos do DENVERTEC 540 FLEX é de 4 a 6 horas,
dependendo das condições climáticas e temperatura do ambiente. Após o tempo de
secagem de 6 horas da demão executada, a superfície deve ser umedecida anteriormente
a próxima demão, pois, essa prática melhora a aderência entre as camadas, evitando
delaminação da camada impermeável final. O consumo por demão é de aproximadamente
1,5kg/m².
Após a aplicação do produto em estruturas como tanques, reservatórios, piscinas etc. não
deixar o produto exposto à incidência solar. Não recomendamos que esse tipo de estruturas
fique sem água por mais de 15 dias. O DENVERTEC 540 FLEX nunca deve ficar exposto
a intempéries. 

MANUSEIO E SEGURANÇA (C)
 Não deve ser ingerido nem deve entrar em contato com a pele ou os olhos;
 Em caso de ingestão acidental, não induzir o vômito. Procurar auxílio médico imediato;
 Em caso de contato com os olhos, lavar com água em abundância por pelo menos 15
minutos e procurar auxílio médico;
 Em caso de contato com a pele, remover o produto com um pano limpo embebido em
óleo vegetal, lavar com água e sabão em abundância e aplicar creme hidratante;
 Em caso de inalação acidental, remover para um local fresco e ventilado;
 Manter fora do alcance de crianças e animais domésticos;
 Não reutilizar as embalagens;
 Recomenda-se observar as normas de segurança estabelecidas pelos órgãos
competentes e usar EPIs adequados, como luvas e óculos de segurança;
 Não coma, beba ou fume durante o manuseio desse produto.

DOCUMENTOS E IMAGENS